Menu

Museu das Emoções, uma exposição temporária em Nova York

Criatividade é, em uma de suas muitas definições, a capacidade de encontrar soluções que nem sempre são óbvias. E é isso que fica nítido quando se conhece o Museu das Emoções. Não, nunca estive lá, mas a idéia de sua existência, já deixa isso bem claro, porque ele foi criado como parte da comunicação de um daqueles sprays que se usa pra amenizar o mau cheiro do banheiro.

Sim, isso mesmo. A marca Glade tem um posicionamento conhecido sobre aromas e emoções (como, por exemplo, o desodorizador “Lembranças da Infância”… que, ao contrário do que diz, não me remeteu a revistas em quadrinhos ou chineladas – eu era um capeta em forma de guri). E para materializar esse conceito, foi construído em Nova York esse museu das emoções que busca, através de cinco áreas, fazer os seus visitantes sentirem as mesmas sensações que os produtos da marca desejam trazer para os seus usuários.

As áreas são: Sinta-se otimista, alegre, animado, calmo e revigorado. E claro, cada uma dessas sensações, remete ao conceito de uma das fragrâncias vendidas pela marca.

museu-das-emocoes-02

Sinta-se otimista: É por onde a exibição começa, em um ambiente construído com luzes e cortinas reflexivas ou de tecido que é iluminado, e vão direcionando o visitante para o centro da sala. Cada visitante pode ativar luzes e sons que o seguirão até a próxima sala.

Sinta-se alegre: Uma floresta infinita, criada com a ajuda de fibra ótica e espelhos, que vai reagindo à luz.

Sinta-se revigorado: A pessoa é rodeada e acompanhada por um anel de cor e emoção que vai reagindo de acordo com os movimentos dos visitantes, levando-os até uma área onde borrifadores soltam no ar uma fragrância revigorante.

Sinta-se animado: O espaço é um caleidoscópio gigante, que cria florais fractais a partir de emoções.

Sinta-se calmo: É o ambiente onde os visitantes poderão caminhar entre nuvens, para se sentir mais calmos e relaxados. O ambiente é renovado a cada 3 minutos.

Além disso, o Museu das Emoções acompanha o humor das pessoas de Nova York, para ir mudando a sua iluminação externa. Mais detalhes sobre as cores e os sentimentos, podem ser vistas no site do Museu das Emoções.

museu-das-emocoes-04

Eu acho incrível quando a criatividade (e o orçamento) permitem a estrapolação do conceito e do senso comum, criando uma experiência inesperada e completamente diferente do que se esperaria de uma marca – nesse caso, de desodorizadores de ambiente. A gente se acostuma àquelas propagandas tão chatas e quadradas… Mas quando vê algo assim, até passa a admirar um pouquinho a marca.

Iríamos admirar mais se o museu fosse desmontado e viesse para o Brasil. O que não foi dito, mas como a exibição acontecerá somente até o dia 15 de dezembro de 2015, sempre há uma esperança… Não?


avatar

Olá mundo! Meu nome é Lucas, de sobrenome Pereira. Gaúcho nascido na primeira metade da década de 80, minha diversão - e trabalho - é contar histórias... Quando terminar a faculdade de publicidade, partirei para a de física. =) Me adicione no Google Plus!


 


museu-das-emocoes-01museu-das-emocoes-03museu-das-emocoes-05

Agência Baloodesign - Publicidade Jundiaí - Leia mais no original http://comunicadores.info/2015/11/30/museu-das-emocoes-uma-exposicao-temporaria-em-nova-york/