Maio 21, 2020

Como criar um conteúdo incrível para vídeos online (com menos estresse)

Não há como negar que o vídeo é um dos melhores tipos de conteúdo para qualquer marca desenvolver. Seja um simples vídeo explicativo ou uma visão dos bastidores dos seus negócios, o vídeo ajuda a humanizar sua marca, a comunicar informações de maneira fácil e eficaz e a criar fortes conexões emocionais com os espectadores.

Mais importante, o vídeo é o que as pessoas querem. De acordo com a pesquisa State of Video Marketing 2020 da Wyzowl, 86% das pessoas gostariam de ver mais vídeos de marcas em 2020.

No entanto, de acordo com o Relatório de Marketing de Conteúdo B2B 2020 do Content Marketing Institute, 29% dos profissionais de marketing ainda não aderiram ao treinamento em vídeo. É uma pena, pois o vídeo só se tornou mais acessível nos últimos anos. Mas também é compreensível. Se você é um profissional de marketing trabalhando remotamente (com conhecimento ou recursos limitados), o vídeo pode parecer intimidador. Felizmente, não precisa ser assim.

Após criar vídeos para marcas de todos os tamanhos (e todos os orçamentos), sabemos que você pode criar vídeos simples e de qualidade, e estamos aqui para ajudá-lo. Este guia simples orientará você nos diferentes tipos de vídeos que você pode produzir com o mínimo de esforço (mesmo quando sua equipe estiver remota), juntamente com as ferramentas e dicas necessárias para criar e promovê-los.

Se você deseja experimentar o vídeo ou procurar inspiração criativa para fazer isso, esperamos que este conteúdo seja o ponto de partida necessário.

 

Primeiro, vamos falar sobre ferramentas para o auxílio na criação de vídeos online.

Claro, em um mundo de sonhos, você tem uma equipe profissional para a produção e edição dos vídeos à sua disposição, mas pode não ser o caso. A boa notícia é que você pode fazer todo esse trabalho de forma satisfatória sem ajuda de profissionais. Dependendo do tipo de vídeo que você está criando, você pode achar úteis as seguintes ferramentas e recursos que separamos:

  1. Banco de vídeos: Existem muitos sites para encontrar partes de vídeos gratuitos ou acessíveis. Eles ajudam muito já que ilustram ações e sentimentos que você precisaria captar em uma externa ou em estúdio. Abaixo algumas escolhas para você:
        • Pond5 para imagens históricas / de arquivo.
        • Dissolver para encontrar imagens por tema.
        • Filmsupply para pesquisa precisa por ângulo, quadro e velocidade da câmera.
        • RocketStock para uma variedade de modelos AfterEffects para melhorar seus gráficos.
        • Artgrid para fazer o download das opções de LOG para classificar você mesmo.
        • Story & Heart para ótimas imagens cinematográficas e baseadas em humor.
        • Adobe Stock, sincronizado com o software de edição do Adobe Premiere.
        • iStock para uma seleção moderna com um sistema baseado em crédito.
        • Shutterstock para o cineasta de melhor orçamento.
        • Destilar para escolher entre os portfólios de talentosos cinegrafistas.

       

  2. Software de edição: o Final Cut Pro da Apple e o Adobe Premiere são ótimas ferramentas para iniciantes, com recursos robustos de edição. Eles também estão disponíveis com assinatura mensal, para que você possa usá-los quando precisar.
  3. Software de captura de vídeo para smartphone: O Filmic Pro é um ótimo recurso para capturar vídeos no seu smartphone, pois permite alterar manualmente a qualidade e a taxa de quadros. 
  4. Câmera: DSLRs e smartphones modernos podem capturar imagens de alta qualidade. Use um tripé para smartphone e uma lente clipada para melhorar sua configuração em casa com o celular.
  5. Microfones: Existem algumas ótimas marcas de microfones condensadores USB para capturar o som com qualidade de estúdio em casa. (Nós gostamos das opções da Blue) Para uma opção mais barata, mas que ainda irá melhorar sua produção, tente um microfone de lapela com clip USB (também disponível on-line).
  6. Iluminação: as luzes de mesa em formato de anel (ring lights) portáteis que podem mudar a temperatura da luz ajudarão a criar uma cena. Mas, para uma opção de baixo custo, tente gravar perto de uma fonte de luz natural e use um rebatedor para iluminar seu lado oposto durante as filmagens.
  7. Configuração da mesa: se você estiver gravando palestrantes ou outro conteúdo simples, verifique se a configuração em casa está otimizada para oferecer o melhor vídeo possível.

criar video online

 

6 tipos de vídeos online que você pode produzir em casa

Preparamos para você 6 ideia de vídeos que você pode desenvolver. Eles variam em nível de habilidade, mas são relativamente fáceis de produzir se você tiver um entendimento básico do vídeo (pressionar gravar, exportar, editar). Alguns podem exigir mais tempo que outros, mas todos podem ser ajustados às suas necessidades exclusivas.

 

1) Texto cinético + fotografia

Essa abordagem usa palavras e fotografia na tela para contar sua história. É uma ótima opção por dois motivos.

    • Os recursos visuais permitem que o visualizador receba a mensagem, mesmo com o botão mudo ativado. Claro que mesmo produzindo esse tipo de vídeo lembre-se de adicionar uma trilha sonora de fundo.
      • Seu visualizador precisa prestar mais atenção ao ler. Isso o torna um método comprovado para educar as pessoas de uma maneira divertida e envolvente.

Dicas para fazê-lo funcionar:

    • Escolha imagens atraentes.
    • Use a tipografia / cores da sua marca.
    • Adicione filtros ou tratamentos visuais às imagens de bancos de imagem para aprimorar a qualidade.
    • Verifique se as imagens são de alta resolução.
    • Adicione música para melhorar a emoção.

 

Um script forte o ajudará a criar uma narrativa coesa para esses tipos de vídeos. Para obter mais dicas, consulte nosso guia para escrever um script como uma agência de vídeo.

Exemplo: Baseado no programa de TV Rick e Morty, este exemplo utilizou o texto cinético para ilustrar um momento clássico da comédia na TV, mas é chamativo e veloz. É uma peça fluida que possui ótimos detalhes, como o texto deslizante na diagonal e o uso variado de estilos e cores.

 

 

2) Estoque de Alta Qualidade + Filme de Arquivo

Essa abordagem permite criar cenas usando imagens encontradas em sites de estoque de vídeos ou fontes públicas de alta qualidade. Quando você não consegue filmar suas próprias cenas de ação ao vivo, essa abordagem torna possível obter e ajustar uma ampla variedade de recursos visuais a qualquer narrativa.

Dicas para fazê-lo funcionar:

  • Personalize as imagens adicionando correções como o color grading (contraste, cor, saturação, detalhe, nível de preto e ponto branco). Isso faz com que as imagens pareçam ter mais qualidade do que as imagens no formato padrão.
  • Mistura de variedade de fotos (por exemplo, abertas, fechadas e close-ups).
  • Use uma variedade de estilos de vídeo (por exemplo, filmagens de drones, lapso de tempo, pessoas, mídias sociais etc.) para dar uma sensação de alta qualidade.
  • Use narração e música para contar a história.

 

Exemplo: este vídeo simples do Convicts usa texto simples e uma variedade de imagens para compartilhar uma mensagem simples e sincera de suporte durante a quarentena do COVID-19.

 

 

3) Mídia mista

A mídia mista combina uma variedade de formatos em uma narrativa coesa. Isso permite que você conte uma história visual atraente por meio de um conteúdo verdadeiramente exclusivo. Animação, fotografia, filmagens e áudio dinâmico são apenas alguns dos elementos que você pode combinar para criar algo atraente e intuitivo para sua marca.

Dicas para fazê-lo funcionar:

  • Digitalize imagens ou recortes de revistas para sobrepor ao vídeo e com isso obter um efeito de colagem.
  • Combine diferentes tipos de conteúdo, como fotos do iPhone e imagens históricas de arquivo, para dar uma sensação de mídia mista.
  • Experimente a edição em tela dividida para mostrar várias animações, fotos ou vídeos ao mesmo tempo. Isso confere ao seu vídeo uma estética de quadro de arte.

 

Exemplo: por meio de mídia mista, gráficos em movimento,  stop motion e várias outras técnicas, a Visa transformou um simples vídeo explicativo em um vídeo colorido, criativo, informativo e envolvente.

 

 

4) Talking Heads em casa

O vídeo é uma excelente ferramenta para fornecer informações valiosas de maneira simples e sucinta, mesmo sem os sinos e os assobios de uma sessão de grande orçamento. Se você deseja criar um tutorial simples, explicar uma nova iniciativa, responder a perguntas ou, bem, qualquer que seja, você pode fazê-lo facilmente apontando a câmera para o seu rosto e sair gravando..

Dicas para fazê-lo funcionar:

  • Limpe a câmera ou a webcam do smartphone para garantir que a imagem esteja nítida.
  • Verifique se você está focado.
  • Sente-se em luz natural ou em fontes de luz físicas quentes, que tendem a ser mais acolhedoras, e evite a luz de fundo (ou seja, a principal fonte de luz está atrás de você).
  • Evite usar listras, padrões ocupados ou cores sólidas que se misturam ao seu plano de fundo (por exemplo, não use camisa branca em frente a uma parede branca; você será uma cabeça flutuante). Lembrete importante: não use uma camisa de marca com um grande logotipo, pois isso pode causar problemas de marca registrada no futuro.
  • Se você estiver filmando uma cena de selfie, segure sua câmera ou telefone um pouco acima da linha dos olhos.

 

Se você estiver criando um vídeo explicativo de talking head, fique atento para os principais pontos de um bom vídeo explicativo e inspire-se nesses incríveis exemplos.

Exemplo: Bon Appetit criou um excelente conteúdo #stayhome convidando os principais chefs para nos mostrar como eles fazem a xícara de café perfeita.

 

 

5) Entrevista Remota

As entrevistas remotas, gravadas pelo Zoom ou outro software de videoconferência, são uma ótima maneira de conectar-se com influenciadores, compartilhar informações úteis e deixar as pessoas participarem de conversas interessantes. Felizmente, esse tipo de conteúdo exige pouco esforço para produzir, mas pode ser altamente valioso.

Dicas para fazê-lo funcionar:

  • Use um microfone de pé USB ou mais prático.
  • Prepare perguntas com antecedência (ou peça às pessoas que enviem perguntas).
  • Coloque alguns cartões de sugestão caseiros na tela do laptop ou use este site gratuito de teleprompter. (Ele é bem rústico, mas funciona muito bem.)
  • Verifique se tudo está funcionando antes de você “mergulhar” na entrevista.
  • Defina uma quantidade específica de tempo (15, 30, 45 minutos) e cumpra-a.

 

Exemplo: A série “Diário de uma música” do New York Times captura perguntas e respostas simples com diferentes músicos. É uma maneira low-fi de fornecer conteúdo de qualidade.

 

 

6) Vídeo de conteúdo gerado pelo usuário

A filmagem em casa permite que os espectadores se sintam conectados à sua história e essa pode ser uma ótima maneira de aumentar o envolvimento. Essa abordagem é particularmente eficaz para humanizar sua marca, promover sua cultura e criar conteúdo relacionável, comovente, bem-humorado, inspirador e divertido.

Dicas para fazê-lo funcionar:

  • Peça à sua comunidade social e amigos (pense em funcionários, seguidores, amigos, família) que contribuam com vídeos.
  • Escolha um tema ou ideia específica (por exemplo, vídeos de dança ou respostas a uma pergunta específica).

 

Exemplo: Quando o COVID19 interrompeu os ensaios e cancelou os concertos de primavera dos estudantes universitários da Ethington Dance Ensemble na Universidade Grand Canyon. Eles não perderam tempo e preparam este vídeo com um pequeno vislumbre de como é ser especialista em dança no meio de uma pandemia global. O vídeo foi todo montado com envios de vídeos pessoais ou gravados em grupos de conversa.

 

 

Como promover o vídeo da sua marca

Depois de criar um ótimo vídeo, você quer que as pessoas o vejam. Para garantir que você alcance a maioria das pessoas, tente estas dicas para promovê-lo de forma eficaz.

  • Otimize seu vídeo. Cada canal tem requisitos de vídeo diferentes, portanto, verifique se o vídeo está formatado corretamente para a plataforma. Considere a proporção, hora, tamanho, etc. Escolha o título de forma correta e atrativa, adicione uma descrição atraente, use as palavras-chave certas, etc.
  • Use uma thumbnail de alta qualidade. Crie uma miniatura estática visualmente interessante. Lembre-se: se você conseguir chamar a atenção de uma pessoa nos primeiros 3 segundos, é mais provável que ela fique por aqui.
  • Adicione legendas. Segundo Animoto, 39% dos consumidores têm mais chances de terminar vídeos com legendas.
  • Inclua calls to action. Verifique se todos os CTAs funcionam para usuários de dispositivos móveis, pois cerca de 78% dos vídeos são consumidos em dispositivos móveis, de acordo com o eMarketer.
  • Poste seu vídeo nativamente nas plataformas sociais. Não basta vincular a postagem no YouTube ou Vimeo. O vídeo terá uma aparência e um melhor desempenho na plataforma social.

Lembre-se: Experimentação é Tudo

Você pode ficar frustrado com sua primeira incursão no vídeo, mas não fique desanimado. Quando os recursos são limitados, você tem uma oportunidade única de exercitar sua criatividade dentro de restrições. Lembre-se: quanto mais você experimentar, melhores serão os resultados e mais confiante você ficará na criação de um vídeo de marca exclusivo.

Dito isto, sabemos que pode ser um desafio seguir sozinho. Mesmo que sua equipe seja remota, você ainda pode solicitar ajuda especializada para orientá-lo no processo. Se você precisar de ajuda para configurar seu equipamento de filmagem ou orientações sobre como criar histórias com vídeos interessantes, siga nossas dicas para escolher uma produtora de vídeos ou entre em contato conosco. Adoraríamos ajudar a dar vida às suas histórias.