dez 23, 2019

7 exercícios fáceis para ajudá-lo a escrever uma copy incrível

Copywriting é uma técnica de produção de conteúdo (a “chamada”) focada em convencer o leitor a realizar uma ação. Na Baloodesign entendemos que a “copy” é um ato de equilíbrio. Para ter sucesso, você deve ter a escrita do maior autor do mundo e a percepção do vendedor mais perspicaz da empresa. Mas isso não é exatamente uma tarefa fácil. Você quer ser esperto, mas precisa causar impacto. Suas palavras precisam ressoar como poesia, mas com a linguagem de fácil entendimento para seu público.

Existem algumas maneiras de ser simultaneamente o mais criativo e o mais persuasivo. Não é tão difícil quanto você pensa. Você só precisa ser paciente com suas palavras e honesto consigo mesmo, principalmente se estiver lutando contra o bloqueio de escritor ou se sentindo obsoleto. Queremos ajudá-lo a quebrar seus bloqueios e atualizar suas técnicas de copy , por isso temos um pequeno desafio para você. Experimente estes 7 exercícios para ajudá-lo a escrever uma copy melhor. Do Haiku ao urbano direto, esses desafios o ajudarão a “tirar a cabeça da piscina”, atualizar e mergulhar para oferecer formas mais criativas e funcionais.

1 – Despeje seus pensamentos

As distrações sempre impedem que você atinja seu objetivo criativo. Portanto, siga a sugestão de Julia Cameron, autora de “O caminho do artista”, e experimente a técnica das páginas da manhã. Esse desafio pede que você preencha três páginas de papel com a escrita em fluxo de consciência. A sacada? Você tem que fazer isso à mão. Segundo Cameron, você deve fazer isso logo que acordar, mas a primeira coisa que você começa a trabalhar no dia também funciona. Não importa o quanto seus pensamentos sejam triviais. O objetivo é transferir toda essa conversa cerebral e preocupações para o papel e deixá-las lá. Sua mente precisa estar vazia antes que você possa preenchê-la com criatividade. A partir daí, mude para o modo de brainstorming de uma pessoa, onde novas ideias certamente surgirão. Coloque todas na mesma folha sem se questionar. Não há motivo para reter informações ou pensar duas vezes já que o brainstorm é feito apenas por você.

2 – Aprenda apenas mais uma coisa

Se você está escrevendo sobre um tópico em que está totalmente envolvido ou que está chamando sua atenção, desafie-se a dar um passo além do conhecimento existente. Você nunca sabe o que pode encontrar, que perspectiva pode descobrir ou que ideia pode despertar seu interesse. Há sempre algo a mais para aprender, e saber mais apenas aprimora sua perspectiva. Quando trabalhamos com novos assuntos, tendemos a ir mais a fundo e evitar vícios de pessoas que estão imersas no assunto. Além disso, ao realizar os trabalhos de outras pessoas, você não apenas recebe um curso de atualização, como também tem a oportunidade de ver quais ângulos foram abordados antes. Novos insights sempre ajudam.

3 – Encalhe suas palavras-chave

Quando você está pronto para usar suas técnicas de copywriting e se preparando para escrever um artigo matador para SEO, as palavras-chave são essenciais. Mas não os torne brega ou inútil por saturação. Antes de começar, anote as 5 a 10 palavras-chave que você procura para fins de SEO. Elas definitivamente precisam desempenhar um papel, mas não podem ser sobrecarregar o texto e influenciarem no entendimento final. Mantenha sua lista para referência e verifique se você não está subutilizando ou abusando delas. Você precisa ter confiança no que deseja que sua copy seja lembrada e procurada, enquanto evita que suas palavras-chave sejam os únicos pontos de venda. Existem poucas coisas que farão seu público se afastar mais do que ler uma copy que está tentando freneticamente anexar palavras-chave específicas a força.

4 – Escreva um teaser

Embora você deva ter uma coleção de ativos que o inspiram, às vezes você precisa de alguma inspiração. Para combater o dilema horrível do bloqueio de escritores, ou simplesmente fazer fluir o fluxo criativo do copywriting, tente esta tática. Faça uma pausa e procure uma coisa nova para se entreter. Pode ser um anúncio, artigo, trecho de livro, ensaio fotográfico, vídeo etc. Se você gostou ou não do que encontrou, ofereça a si mesmo o seguinte desafio: Em um único parágrafo, escreva um teaser para ele. Não importa se foi um anúncio dos anos 80 ou um curta de comédia aleatório no YouTube. Escreva de três a cinco frases que possam convencer alguém a olhar para ele. Isso ajudará a estimular a parte “vendedor” do seu cérebro, oferecendo a você algo completamente novo para utilizar.

5 – Emoção e sentido dentro de suas linhas

Então, você usou as técnicas de copywriting, escreveu uma excelente peça e está pronto para publicar. Não tão rápido. Dê uma volta rápida longe do computador, vá tomar uma café e volte a acertar os detalhes finos da sua copy. Em cada parágrafo, há oportunidades para aprimorar e tornar sua copy mais atraente para seus leitores. Inserir mais adjetivos emocionais; escolha verbos mais fortes. O foco é criar uma linguagem viva e poderosa que transmita sua mensagem. Nada de adicionar uma nova palavra chave. Não é isso que queremos agora. Acreditamos que nesse ponto da escrita sua copy já tenha as informações técnicas necessárias. O que procuramos agora é fazer exatamente o contrário. Temos que transformar as palavras sem emoção em algo com empatia e emoção. Algo com que o leitor se identifique e realize a ação desejada.

6 – Crie sua própria lista negra

Na mesma linha que as palavras-chave, tenha cuidado com as palavras, frases e estruturas de frases nas quais você confia constantemente. Revise suas postagens recentes e anote o que você deseja eliminar ou evitar ao escrever. Por exemplo, você pode notar que a palavra “aproveite” aparece 10 vezes em uma única postagem ou que “No mercado de hoje …” se tornou sua introdução. Crie sua própria lista negra com palavras e expressões para acompanhar tudo o que você deseja evitar. Claro que não estamos proibindo você de usar esses termos. O uso da lista negra serve apenas para que você fique atento e evite certos vícios. Revise seu documento da lista negra regularmente para manter sua copy atualizada.

7 – Experimente o método Haiku

Pode parecer óbvio, mas muitas vezes o objetivo é esquecido: conheça sua intenção. O que você quer dar ao seu leitor? Esteja você escrevendo uma postagem no blog ou um infográfico, você precisa descobrir como pode resumir sua mensagem ao estado mais simples e conciso. Se essa mensagem estiver confusa na próxima vez que você iniciar um novo projeto, tente o método Haiku. O Haiku (俳句) é uma forma curta de poesia japonesa. Em resumo, é um poema de três linhas em um formato específico: a primeira linha possui 5 sílabas, a segunda linha possui 7 sílabas e a terceira linha possui 5 sílabas. Por exemplo, aqui está o meu Haiku para esta postagem:

Dicas para

escrever como mestre

inovador

Esse é um divertido desafio criativo que obriga a identificar exatamente o que você está tentando dizer e fornece um caminho para elaborar o restante da sua copy.

Esperamos que esses exercícios o ajudem a levar mais criatividade e resultado para suas copy!

Deseja mais ajuda com o marketing de conteúdo? Entre em contato com a Baloodesign e descubra como podemos auxiliar o seu negócio a se destacar em novos mercados.