set 01, 2021

Evite os 10 erros mais comuns na criação de conteúdo

Quanto mais pressão, mais riscos de erro. Esse é um princípio básico que acontece em muitas empresas, e com a criação de conteúdo não é diferente. A pressão para manter um fluxo constante de conteúdo pode trazer alguns problemas.

 

São muitos os desafios que as marcas encontram durante as fases de criação de conteúdo e os erros podem ser desde um bloqueio criativo até erros durante a criação de um conteúdo ou design. 

 

Neste artigo, queremos mostrar quais os erros mais comuns na criação de conteúdo e como você pode evitá-los.

 

10 erros para você evitar na criação de conteúdo

 

Alguns erros são cometidos por quem está começando ou até por profissionais experientes. Confira nossas dicas e tenha um processo de criação de conteúdo mais eficaz.

 

Erro 1: criar o que você quer, não o que o público precisa

 

Um erro muito comum que as marcas cometem é pensar em um conteúdo para si mesmo, e não para os clientes. Na maioria das vezes, esse conteúdo não terá propósito nenhum para quem está lendo, sem resolver os problemas que as pessoas gostariam de solucionar por meio daquele conteúdo e sem nenhum sentido para quem recebe.

 

A solução para conseguir produzir um conteúdo relevante é conhecer o seu público e o que ela necessita. Uma boa maneira é criar personas de marketing, que representam as pessoas que consomem a sua marca.

 

Para criar as personas é preciso recolher informações sobre os seus clientes. Converse com a equipe de vendas, faça pesquisas com o público, converse com os clientes e confira todos os dados internos. Tudo isso ajudará a pensar em um melhor conteúdo que seja realmente interessante para o seu público.

 

Segundo um relatório de marketing de conteúdo B2B de 2019 da CMI (Content Marketing Institute), 45% dos profissionais de marketing não usam as personas para validar as suas ideias de conteúdo. Então, ao fazer isso, sua marca já está bem à frente da concorrência.

 

Erro 2: não alinhar as ideias com a estratégia de conteúdo

 

De nada ter uma boa ideia se ela não estiver conectada com a estratégia de conteúdo. Conhecer as personas já é um bom caminho, mas além de focar no que os clientes desejam é preciso saber também como o conteúdo será utilizado.

 

Para que o conteúdo seja um dos responsáveis em fazer o cliente a comprar algo da sua marca, é preciso oferecer o conteúdo certo na hora certa, então faça um mapeamento da jornada do cliente, identificando os pontos problemáticos e estratégicos que cada cliente tem durante os estágios da jornada. E procure uma solução para cada problema.

 

O que ajuda a ter um conteúdo mais eficiente é pensar na ideia, para quem ela é passada, como essa ideia pode solucionar o problema do cliente e qual ação você espera que a pessoa tome após receber o seu conteúdo.

 

Erro 3: não contar uma história

 

Como nos conectamos com as pessoas? Contando histórias e atingindo o lado emocional delas. Com o conteúdo, precisamos conseguir a atenção do público e criar um relacionamento respeitoso e profundo com nossos clientes. Ignorar esse ponto é outro comum que muitas marcas cometem. 

 

Não importa o meio ou formato que você vai utilizar (vídeo, infográfico ou texto, por exemplo), nunca se esqueça da narrativa. Você pode optar por uma história que já direciona a pessoa para uma conclusão ou permitir que ela tire sua própria conclusão.

 

Erro 4: não dar importância em como passar a mensagem

 

Sabe o ditado que diz que ‘o meio é tão importante quanto a mensagem’? Na criação de conteúdo, isso faz muito sentido. De nada adianta ter uma boa ideia, já ter criado as personas, estar com o conteúdo pronto e utilizar o meio errado. Às vezes, um infográfico é melhor que um artigo, ou um vídeo pode ser mais útil que um texto em site.

 

De acordo com as estratégias traçadas, pense também qual seria o melhor meio de passar o conteúdo. Pensar nisso só depois pode trazer problemas e o resultado não será o esperado. 

 

Erro 5: não ter um plano da distribuição de conteúdo

 

Não se engane: esse é um erro mais comum do que pode parecer. É preciso planejar como e onde distribuir o conteúdo, lembrando que nem toda a ideia serve para todo o canal ou plataforma de distribuição.

 

Planeje qual canal de distribuição vai ter mais alcance e onde você vai conseguir se conectar melhor com as pessoas que está buscando atingir. 

 

Erro 6: não realizar pesquisas

 

Muitas vezes a história que você quer contar pode ser baseada em dados, e todas essas informações vão deixar sua narrativa ainda melhor. Mas é preciso saber a sua relevância antes de sair usando qualquer dado.

 

Nem sempre uma pesquisa que você encontra na internet traz as informações necessárias para seu conteúdo. Antes de continuar com uma ideia, pesquise tudo sobre o tema e descubra quais dados estão disponíveis para sua marca usar e como eles podem ser úteis para a criação de conteúdo. 

 

Erro 7: não contar com uma boa equipe e estrutura de produção

 

Uma boa ideia é o começo de tudo, mas é preciso muito mais. Sem um processo de produção e infraestrutura, dificilmente sua marca conseguirá levar a ideia adiante.

 

Para produzir um conteúdo de qualidade, é necessário uma equipe com funções definidas, tecnologia, infraestrutura e um bom sistema de organização entre todos: bom planejamento, cronogramas realistas e a colaboração de todos.

 

Através de erros e acertos, a marca conseguirá atingir o nível para oferecer aos clientes o melhor conteúdo. Não se preocupe em errar: o importante é saber como acertar e melhorar sempre, criando o conteúdo mais adequado à sua persona.

 

Erro 8: não buscar a melhor solução quando não se tem as melhores habilidades

 

Se você não sabe o que está fazendo, fica a dica: não insista! Muitas vezes, sua equipe vai desperdiçar dinheiro e tempo tentando criar um conteúdo sem ter as habilidades necessárias para isso, como a criação de um design interativo ou a produção de um vídeo, por exemplo. 

 

A melhor solução para isso é terceirizar o serviço e contratar um profissional especialista que vai ter as habilidades necessárias para tal serviço. Uma agência criativa pode ajudar você neste assunto.

 

Erro 9: ignorar o que não sabe e insistir 

 

Ter a habilidade básica para fazer algo, mas não possuir todo o conhecimento ou experiência, pode ser um problema para quem trabalha com criação de conteúdo. 

 

Às vezes, alguns descuidos podem jogar todo o seu trabalho no lixo, por isso estude sempre as práticas mais recomendadas ou chame um profissional para conseguir deixar o seu conteúdo ainda mais eficaz. 

 

Erro 10: Não priorizar a sua marca

 

Falamos no começo deste artigo que o importante é criar um conteúdo para seu público e não para si mesmo, mas isso não significa que você deve esquecer de trabalhar a própria marca.

 

Tenha uma identidade forte e consolidada, crie uma linguagem visual e a voz da sua marca, coloque sempre o logotipo no seu conteúdo (como infográfico ou eBook, por exemplo) e crie diretrizes de marca. 

 

Trabalhe sempre da maneira mais inteligente

 

Criar conteúdo depende de muitas variáveis e conhecer todo o processo de criação é fundamental para sua marca atingir o público certo e conquistar bons resultados.

 

Se você quiser saber mais sobre estratégias na criação de conteúdo, entre em contato com a Baloodesign.